Olhar Longe

Atualizado: há 2 dias


Quantas vezes você olha longe durante o dia? Longe quero dizer a uma distância maior do que 40 metros. E quantas vezes você olha longe apenas apreciando a paisagem, isto é, passeando seus olhos suavemente percebendo o que vê sem se preocupar com a nitidez, só contemplando?


Na nossa cultura está cada vez mais difícil este hábito, trabalhamos geralmente em salas fechadas que quando têm janelas nos esquecemos que podemos olhar por elas, sendo comum ter prédios bloqueando a visão das janelas. Passamos horas lendo, ou no computador, ou celular, ou tablete. No lazer continuamos neles (mesmo em locais abertos), ou na TV, ou em local fechado. E o olhar longe, onde fica???


Olhar longe relaxa não apenas sua mente e corpo, mas também seus olhos, ou seja, reduz o estresse ocular que é um dos principais causadores dos problemas visuais atualmente. Estimula a visão periférica, diminuindo a tensão da visão central. Uma das principais causas da degeneração macular senil é o excesso de esforço que a visão central é submetida ao olhar perto e fixando os olhos durante anos. Alternar olhar longe com olhar perto, mas lembre suavemente, sem forçar, passeando os olhos sem se preocupar com a nitidez seja de longe ou de perto, trabalha a flexibilidade do cristalino e previne a catarata. Não alternar olhar longe e perto é uma das causas da catarata. Estes são alguns benefícios de olhar longe.



Muitos problemas visuais poderiam ter sido evitados através deste hábito saudável, natural e que pode ser feito a qualquer hora, em qualquer lugar. Se você tirar seus óculos e lentes será maior o benefício, mas não tensione os ombros, ou o pescoço, ou a face ou olhos na busca da visão. Relaxe e deixe a imagem vir ao seu encontro, não precisa esforço para ver, não precisa buscar e sim relaxar para receber.


Agora, olhe longe para uma distância não menor que 40 metros. Olhe as montanhas, as ondas na praia, o céu ou as nuvens no céu, os vales, os prédios distantes, o horizonte. Ao fazer isto, relaxe seus ombro, pescoço, face e deixe seu maxilar ligeiramente aberto. Descanse seus olhos. Ao olhar longe não se concentre em um ponto único, olhe passeando seus olhos procurando abranger a imagem e observar seus detalhes sem parar ou fixar seu olhar. Lembre-se de piscar e não forçar. Se a imagem for imprecisa, não se preocupe. De vez em quanto abane suas mãos (agite as mãos rapidamente) ao lado do rosto, sem olhar para elas, mas percebendo ambas as mãos ao mesmo tempo com a visão periférica lateral dos olhos, ao mesmo tempo que passeia os olhos observando a imagem. Às vezes, enquanto olha, massageie ao redor dos olhos: debaixo deles (do nariz até as orelhas), a testa, acima das sobrancelhas e entre estas. A massagem, o piscar e o movimentar as mãos abanando (a visão periférica) podem ajudar você a não forçar enquanto olha.


Faça este exercício ao longo do dia, de forma que no final do dia tenha pelo menos um total de 20 minutos que você olhou longe. Cada etapa de olhar longe deverá ter no mínimo 4 ou 6 minutos. Lembre-se de olhar longe e perto alternadamente para trabalhar a flexibilidade do cristalino. Caso trabalhe em local fechado, ou use computador ou faça alguma outra tarefa que force seus olhos por horas, olhe longe a cada hora pelo menos 5 minutos, pode alternar o olhar longe com massagem ou palming, exercícios que também ajudam diminuir o estresse ocular.



Agora é só ampliar sua visão literalmente!!!



Márcia Alves de Siqueira

Terapeuta Ocupacional / Terapeuta da Mão

Instrutora e educadora Self-Healing

Especializada em Fisiologia e Biomecânica do Exercício



193 visualizações

Márcia Alves de Siqueira

R. Natingui, 154 / V. Madalena

São Paulo - SP

Cel: +55(11)99941-1166

contato@self-healingterapias.com.br

© 2017 porSelf-Healing Terapias